Açoriano Oriental
“Era fundamental ganhar o jogo”, afirmou Mário Silva

Treinador do Santa Clara reconhece que assistiu-se a um mau jogo, mas realçou a importância da vitória

“Era fundamental ganhar o jogo”, afirmou Mário Silva

Autor: Arthur Melo

O treinador do Santa Clara reconheceu que a qualidade do jogo protagonizado pela sua equipa e a do Marítimo não foi a melhor, devido ao mau arranque que os dois conjuntos tiveram, mas destacou que a vitória dos encarnados foi importante.

“É normal que o jogo não fosse o melhor espetáculo de futebol, é normal que em ambas as partes houvesse erros como existiram mas, para nós, era fundamental vencer o jogo”, atirou o técnico no final da partida da quinta jornada.

Silva recordou que está em fase de construção de uma equipa e destacou que o pragmatismo é, muitas vezes, o caminho mais rápido e seguro para atingir as vitórias.

“Está a ser um sacrifício muito grande para todos nós para conseguirmos o mais rápido possível colocar em campo uma equipa que consiga orgulhar os adeptos. Muitas das vezes, o que eu acho, é que quando não se consegue fazer um jogo de qualidade – e já houve jogos que perdemos e jogamos melhor do que hoje – temos de ser pragmáticos e tentar vencer o jogo”, o que a equipa viria a conseguir na segunda parte.

O triunfo, conseguido com remontada no marcador, “foi importantíssimo animicamente”, destacando o treinador que  na etapa complementar o Santa Clara já se exibiu com mais segurança.

“Na segunda parte, a equipa encontrou-se melhor, mais confortável, a desenvolver, em termos de dinâmicas, um jogo mais parecido com o que idealizamos. Mas não esquecer o lado anímico. É muito importante realçar que animicamente era um jogo complicado para ambas as equipas. E nós, apesar de tudo, na segunda parte conseguimos controlar o jogo”, realçou o treinador que alcançou, ao serviço dos encarnados de Ponta Delgada, a sua sexta vitória na prova, a primeira na temporada em curso no campeonato.

PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados