Encontradas novas obras de arte do "Tesouro Nazi"


 

Lusa/AO online   Internacional   21 de Nov de 2013, 17:38

A Alemanha divulgou hoje na Internet fotografias de novas obras de arte que pertencem ao "tesouro nazi" encontrado em Munique, tais como impressões e desenhos dos artistas Munch, Liebermann e Toulouse-Lautrec, anunciaram os promotores.

O Ministério da Cultura alemão anunciou hoje que a unidade de Coordenação de Bens Culturais Desaparecidos recebeu a informação de terem sido encontradas novas obras no âmbito da “Descoberta Artística Schwabing”, o nome do bairro em Munique onde está localizado o apartamento onde recentemente foram encontradas 1.406 obras de arte, avaliadas em cerca de mil milhões de euros.

O Ministério diz que irá agora estudar as peças para determinar se estão relacionadas com a perseguição nazi.

"São muitos desenhos de artistas como Edvard Munch, Max Liebermann e Henri Toulouse- Lautrec", acrescenta o comunicado de imprensa do Ministério, sem avançar números concretos.

Por volta das 19:30 (18:30 GMT ), foram publicadas no site 54 novas obras, avança a agência de notícias francesa AFP.

Neste grupo encontram-se 16 gravuras do artista norueguês Edvard Munch e 38 desenhos do pintor alemão Max Liebermann. Àquela hora, as obras do francês Toulouse-Lautrec ainda não eram visíveis.

A Alemanha anunciou quarta-feira que iria publicar a partir de hoje as fotos das obras de tesouro encontradas no apartamento do filho de Hildebrand, um negociante de arte com um passado conturbado durante o domínio nazista.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.