Açoriano Oriental
Empreitada de intervenção na Galerias Pêro de Teive aguarda licença de construção

O Governo dos Açores, refere que a empreitada de intervenção na Galerias localizadas na Calheta Pêro de Teive, em Ponta Delgada, deverá ter início no prazo de quatro meses a contar da emissão da licença de construção pela Câmara Municipal, o que ainda não aconteceu.

Empreitada de intervenção na Galerias Pêro de Teive aguarda licença de construção

Autor: Susete Rodrigues/AO Online

Na sequência das declarações do deputado do Bloco de Esquerda sobre as Galerias Pêro de Teive, o executivo regional, esclareceu esta quarta-feira, que "de acordo com a Resolução do Conselho de Governo n.º 42/2017 de 26 de maio, a empreitada de intervenção na Galerias Pêro de Teive deverá ter início no prazo de quatro meses a contar da emissão da licença de construção pela Câmara Municipal, facto que até ao momento ainda não aconteceu".

Acrescenta a nota que ao dia de hoje, estão em "fase de aprovação camarária os projetos das especialidades, tornando-se assim claro que não existe qualquer incumprimento face à resolução do Conselho de Governo".

O Governo dos Açores, adianta que "foi feita pelo promotor uma reformulação geral do processo de urbanização anterior, existindo também agora uma extensa praça verde, que terá cerca de 3.866 m2 e que resultou da articulação entre o Governo Regional e o Município de Ponta Delgada".


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.