Açoriano Oriental
Emigrantes são “determinantes” na projeção dos Açores

Consideração é do autarca da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, que esteve nos EUA no 30.º encontro dos Amigos de Rabo de Peixe


Autor: Carolina Moreira

O presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, considera que as comunidades de emigrantes açorianas são “determinantes” na projeção da sua terra natal “além fronteiras”.

O autarca que marcou presença, no passado dia 16 de março, no 30.º encontro dos Amigos de Rabo de Peixe que decorreu em Swansea, no estado de Massachusetts dos Estados Unidos da América (EUA), destacou a importância do evento e da comunidade açoriana local.

“Passados 30 anos, esta organização continua a manter viva a Açorianidade. É um sentimento de pertença à sua terra natal difícil de igualar que testemunho neste encontro. Mas é também uma oportunidade para projetarmos a nossa terra além-fronteiras. Faço-vos um convite, visitem a vossa terra natal e passem a palavra aos vossos conhecidos. Serão recebidos de braços abertos”, disse Alexandre Gaudêncio na ocasião.

Segundo o comunicado, durante a cerimónia foram homenageadas algumas personalidades, como o rapper Sandro G, Manuel Estrela e o padre Nuno Sousa, atual pároco na vila de Rabo de Peixe.

De referir que a organização do evento esteve a cargo da Associação dos Amigos de Rabo de Peixe dos Estados Unidos da América, cujo presidente cessante é José Hermano Andrade, tendo contado com a presença de cerca de 500 pessoas. 


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados