Desemprego em Portugal recua para 15,7% em setembro

Desemprego em Portugal recua para 15,7% em setembro

 

Lusa/AO online   Economia   31 de Out de 2012, 08:39

O desemprego em Portugal situou-se nos 15,7% em setembro, um recuo de 0,1 pontos percentuais (p.p.) em relação a agosto, enquanto entre os jovens diminuiu 0,6 p.p. para os 35,1%, segundo o Eurostat.

Segundo dados do gabinete de estatísticas da União Europeia (UE), hoje revelados, na zona euro a taxa de desemprego fixou-se, em setembro, nos 11,6 por cento (%), na comparação com os 11,5% em agosto.

Na UE, a taxa de desemprego foi de 10,6%, estável em relação ao mês anterior.

As taxas de desemprego mais altas foram registadas em Espanha (25,8%), Grécia (25,1%, segundo dados de julho) e Portugal (15,7%).

As mais baixas verificaram-se na Áustria (4,4%), Luxemburgo (5,2), Alemanha e Holanda (ambas com 5,4%).

No que respeita ao desemprego juvenil, a Grécia apresenta a mais elevada taxa (55,6%, dados de julho), seguida da Espanha (54,2%), Portugal e Itália (35,1% cada).

Em setembro de 2011, a taxa de desemprego em Portugal foi de 13,1%, de 10,3% na zona euro e de 9,8 na UE, havendo subidas significativas na comparação homóloga.

Segundo as estimativas do Eurostat, em setembro, havia 25.751 milhões de desempregados na UE, 18.490 milhões dos quais na zona euro, uma subida de 169 mil no conjunto dos estados-membros, em relação a agosto, e de 146 mil nos 17 da moeda comum.

Na comparação homóloga, havia mais 2.145 milhões de desempregados na UE e mais 2.174 milhões na zona euro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.