Cristiano Ronaldo fica em segundo na votação para a Bola de Ouro

Cristiano Ronaldo fica em segundo na votação para a Bola de Ouro

 

Lusa / AO online   Futebol   29 de Nov de 2007, 14:11

O português Cristiano Ronaldo ficou em segundo lugar na votação para o Bola de Ouro de 2007, prémio instituído pelo bissemanário francês France Football, que oferecerá domingo o galardão ao brasileiro Kaká, noticia esta quinta-feira a Gazzetta dello Sport
Apesar de o nome do vencedor só ser divulgado oficialmente no domingo, dia da cerimónia de entrega do prémio, em Paris, o diário desportivo italiano avança hoje que Kaká, médio do AC Milan, será o contemplado com a Bola de Ouro e que o internacional português, do Manchester United, ficou no segundo posto.

Ainda segundo o jornal italiano, o resultado da votação concedeu ao avançado argentino Leonel Messi o terceiro lugar, com o "top-5" a ficar fechado com o goleador marfinense Didier Drogba, do Chelsea, e o médio Andrea Pirlo, também do AC Milan.

Na lista oficial de 50 candidatos, pela primeira vez aberta a jogadores a evoluir em todos os continentes, figuravam mais dois portugueses: Deco, do FC Barcelona, e Ricardo Quaresma, do FC Porto.

Desde que os critérios de atribuição do prémio foram reformulados pela primeira vez, em 1995, esta será a quinta vez, a confirmarem-se as notícias, que um brasileiro recebe a Bola de Ouro, depois de Ronaldo (1997 e 2002), Rivaldo (1999) e Ronaldinho (2005).

Antes de 1995, ano da consagração do liberiano George Weah, também na altura ao serviço do AC Milão, o prémio da revista francesa era dedicado exclusivamente a jogadores europeus que representassem clubes do "velho continente".

Depois de 1995, o leque de candidatos foi alargado a todos os jogadores que alinhassem na Europa e, a partir desta edição, a 52ª, a futebolistas que evoluam em todos os continentes.

Como este ano mudaram as regras, o júri deste prémio também foi alargado. Aos jornalistas desportivos em representação de todas as federações filiadas na UEFA juntaram-se os colegas representantes das restantes federações mundiais que já tenham disputado, pelo menos, uma fase final de um Mundial.

Com as novas regras, a lista de meia centena de "estrelas" mundiais conta em 2007 com três nomeações fora do habitual "reinado" europeu: o inglês David Beckham, dos LA Galaxy (Estados Unidos), o iraquiano Younis Mahmoud, do Algharafa (Qatar), e o mexicano Guillermo Ochoa, do América (México).

Entre a lista de 51 galardoados figuram apenas dois portugueses: Eusébio, premiado em 1965, e Luís Figo, o vencedor da edição de 2000.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.