Criança de seis anos atropelada em Tires morreu durante a tarde


 

Lusa / AO online   Nacional   5 de Nov de 2007, 16:48

A criança de seis anos que foi hoje atropelada numa passadeira em Tires, Cascais, morreu esta tarde no Hospital de São Francisco Xavier, onde dera entrada em estado "muito crítico", disse à Lusa fonte hospitalar.
Segundo as autoridades, a criança foi projectada por uma primeira viatura junto ao estabelecimento prisional de Tires e voltou a ser atropelada por um carro que seguia no sentido contrário, sofrendo três traumatismos graves - cranio-encefálico, torácico e abdominal - e, já a caminho do hospital, uma paragem cardio-respiratória.

"Passou várias horas no bloco operatório, mas o problema não decorreu da cirurgia. O menino entrou já num estado muito crítico e acabou por falecer há cerca de duas ou três horas", explicou fonte hospitalar, por volta das 17:00, escusando-se a divulgar a causa concreta da morte.

No acidente ficaram ainda feridos a avó da criança, com 63 anos, e um outro neto com quatro, mas ambos estão livres de perigo.

Segundo fonte policial, os testes de alcoolémia feitos no local aos dois condutores, ambos homens, não acusaram qualquer excesso, enquanto os resultados da despitagem de substâncias psico-trópicas, realizada já no Hospital Distrital de Cascais, serão ainda analisados pelo Instituto de Medicina Legal.

Uma vez que os resultados dos testes de alcoolémia não motivaram qualquer detenção imediata, as autoridades estão a elaborar um processo-crime a ser enviado para o Ministério Público, seguindo-se uma fase de inquérito por esta entidade.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.