Directas no PSD/Açores

Costa Neves diz que apoio da JSD e de autarcas foi decisivo


 

Lusa/AO   Regional   7 de Nov de 2007, 05:58

O líder do PSD/Açores, Carlos Costa Neves, afirmou hoje que o apoio da JSD, de autarcas e de personalidades do partido nas ilhas "influenciaram decisivamente" a sua recandidatura ao cargo nas "directas" de sexta-feira.

Uma recandidatura sem apoio dos jovens social-democratas açorianos "era um pouco como candidatar-me contra o futuro", salientou Costa Neves, que falava num encontro com militantes do Concelho do Nordeste, na Ilha de São Miguel.

    Segundo o presidente do PSD/Açores, o apoio de autarcas foi, também, "fundamental" na decisão de avançar para um novo mandato, alegando que as autarquias são o "rosto e afirmação política" do partido no Arquipélago.

    Carlos Costa Neves destacou, ainda, o apoio de recebeu de várias personalidades do PSD nas ilhas, entre as quais José Manuel Bolieiro, seu mandatário regional, José Carlos Carreiro, autarca do Nordeste, e Berta Cabral, presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada e da Associação de Municípios dos Açores.

    "Eu não coloquei condições a ninguém mas foi importante que a JSD, autarcas e personalidades me tenham dito: 'Avança'", salientou Costa Neves, perante algumas dezenas de militantes da Ilha de São Miguel.

    O candidato considerou, ainda, que uma "série de coincidências" da sua vida fizeram com que esteja preparado para assumir-se como candidato a presidente do Governo Regional nas eleições legislativas do próximo ano.

    Destacou as funções que desempenhou em vários executivos regionais, em empresas públicas, no Parlamento Europeu e no Governo da República para dizer que "tem condições para assumir esta candidatura ao PSD e, ao mesmo tempo, à Presidência do Governo Regional".

    Aproveitou, também, para apelar ao voto dos militantes sexta-feira, alegando que uma boa adesão dos militantes às eleições directas "vai reforçar internamente o partido e vai tornar mais forte aos olhos dos açorianos".

    Sexta-feira, os cerca de dez mil militantes do PSD/Açores vão escolher entre Costa Neves e Américo Natalino Viveiros, antigo secretário regional nos governos social-democratas, nas primeiras eleições directas do PSD a nível regional.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.