Orquestra Metropolitana

Concerto em Ponta Delgada foi positivo mas há muito a fazer

Concerto em Ponta Delgada foi positivo mas há muito a fazer

 

Lusa/AO online   Regional   11 de Out de 2010, 18:17

O director artístico da Temporada de Música dos Açores fez um balanço positivo do concerto para jovens realizado esta segunda-feira à tarde numa escola de Ponta Delgada, mas salientou que “há ainda muito a fazer”.
Emanuel Frazão falava após a realização de um concerto às 14:00 pela Orquestra Académica Metropolitana de Lisboa (OAML) no ginásio da Escola Secundária Antero de Quental, em Ponta Delgada, que integra a Temporada iniciada em Março.

“Notou-se algum barulho, falta de concentração, revelando que os estudantes não estão habituados a este tipo de concertos, havendo portanto muito trabalho a fazer”, disse.

Segundo Emanuel Frazão assistiram ao concerto mais de 500 espectadores, “e destes dois terços com idades compreendidas entre os 13 e os 16 anos”.

“Em termos de música clássica, há muito a fazer junto dos jovens”, rematou.

O concerto foi dirigido pelos maestros Nuno Sá e Hélio Leal, tendo sido comentado pelo maestro Jean-Marc Burfin.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.