Complemento Solidário chega a mais de 167 mil idosos em setembro

Complemento Solidário chega a mais de 167 mil idosos em setembro

 

Lusa/AO Online   Economia   23 de Out de 2018, 12:00

O Complemento Solidário para Idosos (CSI) foi pago, no mês de setembro, a 167.573 pessoas, mais 461 do que em agosto, e quase mais dois mil do que em igual período do ano passado.

De acordo com os dados mais atuais do Instituto de Segurança Social (ISS), atualizados a 19 de outubro, no mês de setembro foram pagos 167.573 CSI, o que representa um aumento de 1,1% em relação ao mesmo mês do 2017.

Já em comparação com o mês de agosto, a tendência é semelhante, embora inferior, registando-se mais 461 idosos a receber esta prestação social, ou seja, mais 0,3%.

São sobretudo mulheres quem recebe este complemento solidário, havendo 117.530, contra 50.0443 homens.

Na distribuição geográfica, os idosos que recebem o CSI estão sobretudo concentrados nos distritos do Porto (28.697), Lisboa (24.580) e Braga (12.590).

No que diz respeito às pensões, 2.040.263 idosos receberam pensão de velhice em setembro, mais 0,1% do que em agosto e mais 0,2% do que em setembro do ano passado.

Já as pensões de sobrevivência chegaram a 707.962 pessoas, menos 6.692 do que em agosto, sobretudo pagas a pensionistas do sexo feminino, 81,7% do total, o que equivale a 578.525 pensões.

Por último, a pensão de invalidez foi paga 173.763 pessoas, menos 58.489 do que no mês homologo do ano passado, uma redução explicada com a transferência das pensões sociais de invalidez para a prestação social para a inclusão, no início de 2018.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.