Carlos Pinto processa Santa Clara

Carlos Pinto processa Santa Clara

 

Nuno Martins Neves   Futebol   19 de Out de 2018, 09:14

Carlos Pinto avançou com uma queixa no Tribunal Judicial da Comarca do Porto Este contra o Santa Clara Açores Futebol SAD no valor de 164 mil euros.

Em causa valores referentes à temporada 2017/2018, em que o técnico natural de Paços de Ferreira conduziu o Santa Clara ao segundo lugar na Ledman Liga Pro e consequente subida à Liga Nos. O processo deu entrada no dia 9 de outubro no Juízo de Trabalho de Penafiel - Juiz 3.

Contactado pelo Jornal Açoriano Oriental, Carlos Pinto - que foi recentemente despedido da Académica de Coimbra - recusou prestar comentários. Assim como o presidente da SAD açoriana, Rui Cordeiro, que diz ainda não ter sido notificado do processo judicial.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.