Açoriano Oriental
Candidaturas da Terceira aprovadas no VITIS vão permitir recuperar mais 16 hectares de vinha

O secretário regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, afirmou que as 36 candidaturas aprovadas na ilha Terceira, este ano, ao abrigo do programa VITIS vão permitir recuperar mais 16 hectares de vinha, contribuindo para o reforço e para o desenvolvimento de um setor cheio de potencial e com impacto económico crescente.

Candidaturas da Terceira aprovadas no VITIS vão permitir recuperar mais 16 hectares de vinha

Autor: Lusa/AO Online


“Estes são indicadores muito positivos e que manifestam um sinal inequívoco de confiança e de esperança no futuro da vitivinicultura, particularmente, na ilha Terceira”, referiu João Ponte, que falava no âmbito da assinatura de um protocolo entre a Direção Regional da Agricultura com a Adega Cooperativa dos Biscoitos, num valor global de 33 mil euros.

De acordo com nota, o governante adiantou que entre 2014 e 2020 registou-se um crescimento de 16% no número de produtores e de 33% em termos de área reconvertida ao abrigo dos apoios financeiros concedidos pelo VITIS.

João Ponte salientou, também, que em termos das ajudas à manutenção da vinha, concedidas através do programa POSEI, os indicadores são, igualmente, expressivos e dão conta da evolução positiva deste setor na ilha Terceira.

“Em 2019 foram apoiados um total de 71 produtores, com uma área de 48 hectares em produção, enquanto em 2016 o apoio chegou a 34 produtores, com uma área de 22,54 hectares”, revelou João Ponte.

O secretário regional da Agricultura e Florestas ressalvou o importante papel que a Adega Cooperativa dos Biscoitos tem tido em prol do desenvolvimento e da dinamização da vitivinicultura na ilha Terceira, pela evolução que tem sofrido do ponto de vista da qualidade, da produção de vinho de excelência e pelo contributo que tem dado para a valorização da produção e para a melhoria do rendimento dos produtores.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.