Ritual ecológico

Caloiros praxados com trabalhos de limpeza de mata


 

Lusa / AO online   Nacional   26 de Set de 2007, 12:24

Alunos da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Beja (ESTIG), uma das quatro do Instituto Politécnico da cidade, vão ser praxados quinta-feira com trabalhos de limpeza da mata municipal.
César Teixeira, da Associação de Estudantes da ESTIG, explicou hoje à agência que se trata de "uma praxe original", que vai ser aplicada, este ano, a alguns caloiros das licenciaturas da escola.

 A partir das 10:00 (hora local), acrescentou, cerca de 40 caloiros, acompanhados de professores e alunos veteranos e equipados com luvas, máscaras e sacos de plástico, vão limpar a mata municipal de Beja, que está "relativamente suja".

"É um exemplo do espírito construtivo das praxes do Instituto Politécnico de Beja (IPB), que, longe de humilhar os novos alunos, procuram sempre ter uma componente cívica e inserir os caloiros na vida académica e na cidade", salientou.

Nesta lógica, no ano passado, alunos do IPB foram praxados com trabalho voluntário no canil municipal, lembrou César Teixeira.

"As praxes no IPB pretendem estimular a cooperação e a fraternidade entre os caloiros e os alunos veteranos", disse, salientando que "os alunos só são praxados se quiserem".
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.