Crise financeira

Bruxelas prolonga plano português para estabilização dos mercados


 

Lusa / AO online   Economia   22 de Fev de 2010, 11:06

A Comissão Europeia aprovou esta segunda-feira o prolongamento até 30 de Junho próximo do plano português para a estabilização dos mercados financeiros, decidido em 2008, para conceder garantias a operações financiamento de instituições de crédito.
O executivo comunitário conclui que as garantias portuguesas "são limitadas no tempo e quanto ao seu âmbito" e que a prolongação do plano "constitui um meio adequado para sanar uma perturbação grave da economia portuguesa".

Em 15 de Outubro de 2008, as autoridades portuguesas notificaram a Comissão Europeia da criação de um regime de garantia destinado a facilitar o acesso das instituições de crédito ao financiamento no contexto da crise financeira da altura.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.