Brown pede aos soldados para esconderem sapatos

Brown pede aos soldados para esconderem sapatos

 

Lusa/AO Online   Internacional   17 de Dez de 2008, 17:20

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, gracejou hoje no Iraque sobre a situação que envolveu um jornalista iraquiano e o Presidente norte-americano, George W. Bush, pedindo aos soldados britânicos para esconderem os sapatos.
 "Tenho que dizer, antes de começar, para esconderem os vossos sapatos, porque agora o jogo preferido é lançar sapatos sobre as pessoas", afirmou Brown, durante um encontro com soldados em Bassorá (Sul do Iraque).

    O jornalista da cadeia de televisão Al-Bagdadia, Muntadar al-Zaidi, lançou, domingo, os dois sapatos contra George W. Bush e insultou-o durante uma conferência de imprensa com o primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki.

    Após o incidente, o jornalista tornou-se um autêntico herói no Iraque.

    O primeiro-ministro britânico fez hoje uma visita surpresa ao Iraque, dias depois da presença do Presidente dos Estados Unidos, o que levou a um reforço das medidas de segurança, incluindo nas acreditações para a comunicação social.

    Brown, e o homólogo iraquiano, al-Maliki, confirmaram hoje que as tropas britânicas vão terminar a sua missão no Iraque "na primeira metade de 2009".

    "Acordámos hoje que a missão vai terminar o mais tardar até 31 de Maio do próximo ano. As nossas tropas regressarão a casa nos dois meses seguintes", disse o primeiro-ministro britânico numa conferência de imprensa.

    O Reino Unido é o segundo maior contribuidor no esforço da coligação militar internacional no Iraque, logo depois dos Estados Unidos.

    Cerca de 4.000 militares britânicos encontram-se actualmente no Iraque, maioritariamente no sul do país.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.