Bo Xilai condenado a prisão perpétua

Bo Xilai condenado a prisão perpétua

 

LUSA/AOnline   Internacional   22 de Set de 2013, 10:59

O antigo líder comunista chinês Bo Xilai foi condenado a prisão perpétua, anunciou hoje o Tribunal de Jinan, no leste da China.

Bo Xilai, 64 anos, ex-membro do Politburo do Partido Comunista Chinês (PCC), visto até há pouco tempo como um dos políticos mais populares do país, foi condenado por corrupção, desvio de fundos e abuso do poder.

O veredito foi anunciado cerca das 11:00 (04.00 em Lisboa) pelos juízes do tribunal de primeira instância de Jinan, capital da província de Shandong.

Um total de 116 pessoas, entre os quais três familiares de Bo Xilai e 22 jornalistas, encontravam-se dentro da sala de audiências quando a sentença foi anunciada, disse a CCTV (Televisão Central da China).

Bo Xilai, que durante o julgamento negou todas as acusações que lhe eram imputadas, tem dez dias para recorrer da sentença.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.