BES ficará “muito satisfeito” se houver bancos chineses que queiram comprar ações do grupo

BES ficará “muito satisfeito” se houver bancos chineses que queiram comprar ações do grupo

 

Lusa   Economia   13 de Nov de 2010, 20:38

O CEO do BES Brasil, Ricardo Espírito Santo, defendeu hoje que o banco ficará “muito satisfeito” se houver bancos chineses que queiram comprar ações do grupo, ao salientar que isso mostraria a confiança na gestão do banco

“O Banco Espírito Santo (BES) sempre teve sócios estrangeiros e todos eles são bem-vindos a investir no BES”, sublinhou o CEO do BES Brasil e presidente do conselho de administração do BES Angola, Ricardo Espírito Santo, em declarações aos jornalistas em Macau.

“Se houver bancos chineses que queiram comprar ações do BES ficaremos muito satisfeitos com esse investimento, que mostraria uma aposta e confiança na gestão do banco”, acrescentou o responsável à margem da Conferência dos Empresários e dos Quadros da Área Financeira no âmbito da III conferência ministerial do Fórum Macau.

Ricardo Espírito Santo disse ainda que a “presença da China em Angola tem facilitado (ao BES), em termos de contactos, o trabalho conjunto com bancos chineses para a distribuição de operações e realização de operações sindicalizadas”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.