Açoriano Oriental
LC
Benfica precisa de vencer no mínimo por 2-0 na receção ao Zenit

O Benfica joga na terça-feira a continuidade na Europa do futebol, precisando de vencer, no mínimo, por 2-0 na receção ao Zenit, na sexta e última jornada do Grupo G da Liga dos Campeões, para não depender de terceiros.

Benfica precisa de vencer no mínimo por 2-0 na receção ao Zenit

Autor: AO Online/ Lusa

Já afastado da próxima fase da Liga dos Campeões, o Benfica ainda mantém esperança de seguir para os 16 avos de final da Liga Europa, mas para isso tem de vencer a equipa de São Petersburgo por 2-0, ou por três golos de diferença, se também sofrer.

Uma vitória por números inferiores deixa o clube lisboeta dependente de uma derrota do Lyon na receção ao já apurado Leipzig, líder do grupo, com 10 pontos, mais três do que os russos e os franceses e mais seis do que os 'encarnados'.

Neste caso, o Lyon cairia para a quarta posição, com o Benfica em terceiro e o Zenit a assegurar a continuidade na Liga dos Campeões.

Na jornada anterior, o campeão português esteve perto de conseguir um triunfo inédito na Alemanha, em jogos da Liga dos Campeões, mas acabou por permitir o empate 2-2, após chegar aos 90 minutos a vencer por 2-0, resultado que o deixava ainda com possibilidades de seguir na 'Champions'.

As 'águias' chegam a este encontro após consolidarem a liderança da I Liga, com um triunfo por 4-1 no estádio do Boavista, enquanto o Zenit somou a quarta vitória consecutiva na liga russa (3-0 na Dínamo Moscovo), que lidera isolado, antes da pausa de inverno.

Na primeira volta, a equipa de São Petersburgo venceu o Benfica por 3-1, com golos de Dzyuba (22 minutos), Rúben Dias (70, na própria baliza) e Azmoun (78), com Raúl de Tomás a reduzir (85), naquele que foi o seu primeiro golo pelos ‘encarnados’.

Esta será a 10.ª receção do Benfica a equipas da Rússia, somando cinco triunfos, dois empates e duas derrotas, sendo que venceu em duas das três receções ao Zenit, perdendo apenas na fase de grupos da 'Champions' em 2014/15.

Nos anteriores novos jogos com conjuntos russos, as 'águias' conseguiram por três vezes um resultado que lhe permitiria seguir em para a Liga Europa, vencendo por 2-0 o Dínamo Moscovo (Taça UEFA de 1992/93), o Zenit (Liga dos Campeões 2011/12) e o Spartak (Liga dos Campeões 2012/13).


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.