Paquistão

Benazir Bhutto colocada em prisão domiciliária

Benazir Bhutto colocada em prisão domiciliária

 

Lusa / AO online   Internacional   9 de Nov de 2007, 09:34

A polícia paquistanesa, com apoio de blindados, cercou a residência em Islamabad de Benazir Bhutto e um funcionário da segurança disse que a antiga primeira-ministra foi colocada em prisão domiciliária.
A decisão sobre Benazir Bhutto integra-se no plano das autoridades paquistanesas que, segundo a oposição, têm vindo desde quarta-feira a prender apoiantes dela, com vista a impedir um comício previsto para a cidade de Rawalpindi, contra o estado de emergência decretado pelo Presidente Pervez Musharraf.

A oposição afirma já terem sido efectuadas cinco mil prisões.

As prisões foram efectuadas por toda a província do Punjab, tendo começado na quarta-feira e continuado até à manhã de hoje, enquanto a polícia se colocava em posição defensiva em Rawalpindi, cidade próxima da capital política, Islamabad, informou a oposição.

"É um golpe maciço contra o nosso partido", disse Raja Javed Ashraf, deputado eleito pelo Partido do Povo Paquistanês, de Benazir Bhutto.

As autoridades não comentaram a acusação, mas um funcionário da segurança, que solicitou não ser identificado, informou que as detenções foram cerca de mil.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.