Açoriano Oriental
Bandas pedem apoio excecional para sobreviverem à paragem

As bandas filarmónicas dos Açores necessitam de um apoio excecional para poderem sobreviver ao próximo inverno, depois de um verão sem concertos, devido à pandemia de Covid-19 e à não realização de eventos culturais e religiosos.

premium

Autor: Rui Jorge Cabral
As bandas têm um apoio variável do Governo dos Açores mediante a apresentação de um projeto e apoios por parte das Câmaras Municipais, que variam também de autarquia para autarquia. Mesmo com a pandemia, esses apoios públicos mantiveram-se. No entanto, uma boa parte dos orçamentos das fila...
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.