Açoriano Oriental
Autoridade marítima alerta para agravamento do estado do mar nos Açores

A autoridade marítima prevê um "agravamento do estado do tempo e do mar, a partir de sábado", no grupo ocidental (Flores e Corvo) dos Açores e nas chamadas ilhas do Triangulo (São Jorge, Pico e Faial).

Autoridade marítima alerta para agravamento do estado do mar nos Açores

Autor: Lusa/AO Online

Em comunicado, a capitania do Porto de Santa Cruz das Flores e a Capitania do Porto da Horta (Faial) alertaram para “a possibilidade de agravamento do estado do tempo e do mar a partir do dia 14 de dezembro (sábado)” e aconselham a comunidade marítima e a população a adotarem "medidas de precaução e proteção".

De acordo com a autoridade marítima, as previsões apontam para a possibilidade de se vir “a verificar agitação marítima forte, com altura significativa superior a quatro metros, de noroeste no grupo ocidental”, formado pelas ilhas das Flores e Corvo.

"Nas ilhas do Triângulo, a agitação marítima, também de noroeste, com altura significativa superior a quatro metros poderá verificar-se a partir das primeiras horas de domingo", refere o mesmo comunicado, alertando para "a possibilidade de contínuo agravamento do estado do mar, sempre com direção de noroeste, ao longo do dia 15 de dezembro".

Face a estas previsões, o capitão do Porto da Horta e de Santa Cruz das Flores, Paulo Rafael da Silva, sublinha a necessidade de a comunidade marítima “adotar medidas de precaução e proteção, verificando e reforçando a amarração ou varando em lugar seguro as suas embarcações”.

"A população em geral não deve frequentar as zonas costeiras, em especial as zonas mais baixas e expostas diretamente à agitação marítima”, frisou Paulo Rafael da Silva, relembrando que, “nestas condições extremas, o mar pode facilmente alcançar zonas aparentemente seguras".


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.