Automóveis e energia no menu da visita de Putin a França


 

Lusa / AO online   Economia   26 de Nov de 2009, 10:13

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, desloca-se quinta-feira a França para uma visita de dois dias que pretende selar uma parceria no domínio da produção automóvel e da energia, dois sectores onde a Rússia procura investimentos.
O homem forte da Rússia deverá presidir à assinatura de 25 acordos, um dos quais sobre a reestruturação do construtor automóvel russo Avtovaz, que enfrenta dificuldades entre os seus diferentes accionistas, nomeadamente o francês Renault, indicou à imprensa o conselheiro diplomático de Putin, Iouri Ouchakov. Não deu mais pormenores.

Putin pedira antes ao grupo francês para participar financeiramente na reestruturação do grupo russo, que fabrica os carros Lada e está afogado em dívidas. O PDG do construtor francês, Carlos Ghosn, declarou todavia no início de Novembro que o grupo não previa "nem aumentar, nem diminuir" a sua participação em Avtovaz.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.