Birmânia

Aung San Suu Kyi pede reunião com líder da junta


 

Lusa / AO online   Internacional   16 de Nov de 2009, 14:23

A opositora birmanesa Aung San Suu Kyi pediu uma reunião com o chefe da junta militar da Birmânia, generalíssimo Than Shwe, para debaterem o futuro do país, disse esta sexta-feira um dos advogados.
A dissidente «escreveu que ela pretendia cooperar para benefício da nação e pediu autorização para explicar os factos ao generalíssimo», indicou Nyan Win, que é também porta-voz da Liga Nacional para a Democracia (LND), principal partido da oposição em Myanmar (Birmânia).

Suu Kyi também pediu autorização para se encontrar com a comissão executiva da LND.

Uma versão não autenticada deste carta foi hoje publicada na Internet em birmanês. Nyan Win recusou comentá-la, indicando que o texto original integral será publicado na terça-feira e que a carta também foi enviada por correio a 11 de Novembro e confiada a responsáveis da segurança.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.