Aumento de alojamento na UAç depende de reforço de verbas

Aumento de alojamento na UAç depende de reforço de verbas

 

Paula Gouveia   Regional   2 de Set de 2019, 09:52

No Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior, criado com o objetivo de duplicar na próxima década a atual oferta de alojamentos para estudantes do ensino superior a preços regulados, estão previstas obras em Ponta Delgada, Angra do Heroísmo e Horta. O reitor da Universidade dos Açores (UAç) afirma, contudo, que a sua execução está dependente de um reforço orçamental.

Durante a elaboração do plano, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior pediu à Reitoria da Universidade dos Açores para indicar os seus projetos para aumentar o número de camas. “Nós indicamos ao Ministério que havia obras de melhoramento a fazer na Residência Universitária das Laranjeiras, nomeadamente em espaços comuns, como a cozinha; e que havia a possibilidade de avançar com uma intervenção no antigo edifício do INATEL, na ilha Terceira, num projeto que contaria com a parceria da Câmara de Angra do Heroísmo e que permitiria ter cerca de três dezenas de camas. Propusemos ainda ao Ministério, no Faial, onde temos umas casas antigas num bairro mesmo à entrada da Horta, a recuperação de algumas destas habitações para alunos de mestrado e doutoramento”, revela o reitor da Universidade dos Açores, João Luís Gaspar.


Pode ler mais na edição desta segunda-feira, 2 setembro 2019, do jornal Açoriano Oriental



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.