Atentados no Iraque fazem pelo menos 20 mortos


 

Lusa / AO online   Internacional   8 de Out de 2007, 19:00

Pelo menos 20 pessoas morreram, incluindo três polícias, e dezenas ficaram feridas hoje no Iraque, na sequência de diversos ataques terroristas em vários pontos do país, indicaram fontes policiais.
    Um camião suicida explodiu no posto policial de Dejlaa, a noroeste de Samarra (125 quilómetros a norte de Bagdad), fazendo 14 mortos, incluindo três polícias, e 26 feridos, afirmou um responsável da polícia local, Ala Attia.

    A explosão destruiu mais de 20 estabelecimentos comerciais e dez viaturas estacionadas na zona, segundo Attia.

    “É a terceira vez que este posto policial é visado por terroristas”, acrescentou o mesmo responsável.

    Em Bagdad, três atentados causaram pelo menos seis mortos, nomeadamente junto à embaixada polaca na capital iraquiana.

    O ministro encarregue dos serviços secretos da Polónia, Zbigniew Wassermann, adiantou entretanto que a embaixada hoje se encontrava vazia, depois da representação diplomática ter sido evacuada no seguimento do atentado contra o embaixador polaco, Edward Pietrzyk, na semana passada.

    Edward Pietrzyk foi ferido quando a sua escolta sofreu uma emboscada a semana passada em Karradah, sofrendo queimaduras em mais de 20 por cento do corpo.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.