Açoriano Oriental
Atentado suicida perto de Musharraf faz cinco mortos
Pelo menos cinco pessoas morreram e várias ficaram feridas quando um bombista suicida se fez hoje explodir junto de um posto de controlo da polícia, na cidade de Rawalpindi, arredores da capital do Paquistão.
Atentado suicida perto de Musharraf faz cinco mortos

Autor: Lusa / AO online
Segundo a polícia, a explosão ocorreu a cerca de 2,5 quilómetros do quartel-general do exército paquistanês e do gabinete do Presidente Pervez Musharraf.

O porta-voz presidencial, Rashid Qureshi, afirmou que Musharraf se encontrava a salvo no interior do quartel-general na altura da explosão.

Segundo as televisões, Musharraf estava reunido com responsáveis do governo e das províncias do Paquistão para discutir a situação da segurança do país, assolado por uma vaga de atentados sem precedentes, desde Julho.

Mohammed Saeed, um responsável da polícia afirmou que um bombista suicida se aproximou, a pé, do posto de controlo, numa estrada principal da cidade e se fez explodir. Cinco pessoas morreram, incluindo dois polícias.

Entre os feridos há mulheres e crianças que passavam na altura num autocarro.

O atentado não foi reivindicado.
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.