Associação promove almoço Natal para "dar alento" a quem não tem família


 

Lusa/AO Online   Regional   19 de Dez de 2008, 10:41

Um grupo de 120 mulheres e homens sentam-se terça-feira à mesma mesa, em Ponta Delgada, num almoço solidário, que a Associação Novo Dia promove para "dar alento a quem não tem família" nesta quadra.

    O coordenador do Centro de Acolhimento Temporário e de Emergência da Associação Novo Dia, Paulo Fontes, adiantou à agência Lusa que a instituição realiza anualmente dois jantares de Natal, mas este ano optou por juntar todos os utentes.

    O almoço, que será servido num salão de um grupo de escuteiros, vai reunir todas as pessoas que a Associação apoia diariamente, a maioria com problemas de alcoolismo, toxicodependência, sem-abrigo, repatriados dos EUA e Canadá e vítimas de violência doméstica.

    "Esta iniciativa pretende dar algum alento a quem não tem família", frisou Paulo Fontes, acrescentando que a par da confraternização, haverá também lugar para distribuição de prendas.

    Da ementa constam iguarias típicas da quadra festiva, acrescentou.

    A Associação Novo Dia dispõe em Ponta Delgada de três casas de acolhimento e conta com uma equipa de rua, que proporciona alimentação, auxílio médico e desenvolve também um trabalho de inserção na comunidade.

    No futuro, a Associação pretende criar uma valência de acolhimento prolongado para pessoas que necessitam de apoio alargado e uma empresa de economia solidária.

   

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.