Ahmadinejad desmente demissão de chefe da diplomacia


 

Lusa / AO online   Internacional   24 de Out de 2007, 12:38

O Presidente do Irão, Mahmud Ahmadinejad, desmentiu informações sobre a demissão do chefe da diplomacia iraniana, Manuchehr Mottaki, afirmando que “esse género de informação faz parte de uma guerra psicológica contra o governo”.
“Este género de informação faz parte de uma guerra psicológica contra o governo. Mottaki permanece firmemente no lugar e continua as suas actividades com alegria”, declarou o Presidente, citado pela agência oficial iraniana Mehr.

Anteriormente, o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Mohammad Ali Shahidi, tinha classificado como “falsas” as informações que sugeriam a demissão do chefe da diplomacia iraniana.

Dois deputados iranianos, membros da Comissão dos Negócios Estrangeiros e da Segurança, citados pela agência Isna, afirmaram hoje que Mottaki tinha apresentado a demissão ao presidente iraniano.

"De acordo com as informações de que dispomos, Mottaki apresentou terça-feira à noite a sua demissão ao Presidente", afirmou um dos deputados, Kazem Jalali.

Essa informação foi confirmada pelo outro deputado Reza Talaïe-Nid, adianta a Isna.

Há vários dias que circulam rumores sobre a demissão de Mottaki.

Contactado pela agência de notícias francesa AFP, o Ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano não comentou a informação.

Sábado, o governo anunciou a demissão de Ali Larijani do cargo de secretário do Conselho Supremo da Segurança, responsável pelo programa nuclear iraniano, e a substituição por Said Jalili, um vice-ministro dos Negócios Estrangeiros próximo de Ahmadinejad.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.