Médio Oriente

4,7 milhões de refugiados palestinianos com assistência em risco


 

Lusa / AO online   Internacional   2 de Dez de 2009, 17:47

A agência da ONU para os refugiados palestinianos (UNWRA) indicou hoje confrontar-se com um défice orçamental "sem precedentes" que poderá obrigá-la a reduzir a assistência a mais de 4,7 milhões de pessoas.
"O nosso défice orçamental não tem precedentes e, pela primeira vez, desde a criação do nosso organismo há 60 anos, não temos dinheiro", afirmou em Gaza o porta-voz da UNWRA Adnane Abu Hasna à agência noticiosa francesa AFP.

"Se este défice se confirmar e os doadores não aumentarem as suas contribuições, devemos diminuir uma parte dos nossos programas de assistência aos refugiados de todo o Médio Oriente e não apenas em Gaza e na Cisjordânia", adiantou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.