22 mil Magalhães distribuídos este ano

22 mil Magalhães distribuídos este ano

 

Lusa   Nacional   26 de Set de 2010, 13:51

Mais de 22 mil computadores Magalhães já foram distribuídos no 1.º ciclo desde o início do ano lectivo, sendo que metade dos professores utilizam este equipamento na sala de aula pelo menos duas vezes por semana

Em declarações à agência Lusa, o secretário de Estado da Educação, João Trocado da Mata, indicou que desde o início do ano letivo já foram distribuídos a alunos do 1.º e 2.º anos e a professores do 1.º ciclo do ensino básico 22 644 portáteis, enquanto outros 11 mil serão disponibilizados até ao fim do mês.

Segundo um inquérito realizado pelo Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação (GEPE), a que a Lusa teve acesso, oito por cento dos professores do primeiro ciclo afirmam utilizar o portátil todos os dias, quatro por cento quatro vezes por semana, 14 por cento três dias por semana e 24 por cento duas vezes por semana.

Quase cinquenta por cento dos 9473 docentes que responderam ao inquérito afirmam usar o computador um dia por semana na sala de aula.

No geral, 92 por cento dos professores garantiram utilizar o Magalhães em contexto de sala de aula.

O estudo indica ainda que 74 por cento dos professores do primeiro ciclo consideram "Excelente/Muito bom" ou "Bom" o programa e.escolinha, enquanto 22 por cento considera-o "Nem bom, Nem mau" e dois por cento classificam o projeto como "Mau".

Quanto aos benefícios do programa, 79 por cento dos inquiridos concordaram que permite a igualdade de oportunidades no acesso a computadores e 70 por cento indicou que melhora ou facilita a aprendizagem da criança. Por oposição, 14 por cento afirmou que o computador só serve para os alunos jogarem.

Das atividades realizadas na sala de aula com recurso ao portátil, os professores indicaram "ensinar a criança a utilizar o computador (93 por cento), "aceder à internet" (79 por cento), "navegar e pesquisar na internet" (78 por cento) e "ler" (71 por cento). No fim da lista surgem "participar em redes sociais" (1 por cento) e criar filmes (7 por cento).

Relativamente às áreas do 1.º ciclo em que são utilizados os computadores, 95 por cento dos docentes apontaram Língua Portuguesa, seguida de Estudo do Meio (90 por cento), Matemática (67 por cento) e Expressões Artísticas/Físico-Motoras (37 por cento).

O inquérito abordou ainda a utilização que os professores dão ao Portal das Escolas, nomeadamente se o usam na preparação das aulas ou na sala de aula: 33 por cento responderam "sim" e 65 por cento "não". Por outro lado, 57 por cento afirmaram recorrer a esta ferramenta apenas um dia por semana.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.