Açoriano Oriental
Covid-19
17 casos positivos 33 casos suspeitos e 1980 vigilâncias ativas

Os Açores registam 17 casos positivos por Covid-19, há 33 casos suspeitos e 1980 pessoas estão em vigilância ativa, afirmou Tiago Lopes, responsável pela Autoridade de Saúde Regional.

article.title

Foto: JEdgardo Vieira
Autor: Susete Rodrigues/AO Online

De acordo com nota da Autoridade de Saúde Regional, à data de ontem, 23 de março, tínhamos 13 casos suspeitos nos Açores.

Destes, oito tiveram resultado negativo, todos eles da ilha de São Miguel. Três tiveram resultado positivo, sendo um do Pico e dois de São Miguel. Um destes oito casos, da ilha de São Miguel, teve resultado inconclusivo e será repetido no dia de hoje. Um dos casos, da ilha do Faial, aguarda resultado.

Nas últimas 24 horas surgiram 44 casos suspeitos nos Açores. Destes, após análise laboratorial, 11 revelaram-se negativos, 4 de São Miguel, 5 da Terceira e 2 de São Jorge. Cinco casos aguardam resultados, sendo um do Pico e 4 do Faial. Outros 26 casos aguardam colheita, sendo 19 de São Miguel, 4 da Terceira, um do Faial e dois de Santa Maria. Os dois casos positivos são da Ilha Terceira.

À data de hoje, 24 de março, existem 33 casos suspeitos na Região.

A Autoridade de Saúde Regional mantém 1980 pessoas em vigilância ativa, tendo sido sinalizadas pela linha Saúde Açores 794. Os restantes 1186 casos foram rastreados através do trabalho de campo das Delegações de Saúde. Destes, 3 são do corvo, 22 do Faial, 61 das Flores, 53 da Graciosa, 19 do Pico, 166 de São Jorge, 717 de São Miguel, 31 de Santa Maria e 114 da ilha Terceira.

Em termos de casos positivos, estão neste momento diagnosticados 17. Quatro estão internados em unidades hospitalares, 3 no Hospital do Santo Espírito da Ilha Terceira e um no Hospital da Horta. Os restantes 14 casos positivos estão em hospitalização domiciliária.

Todos estes casos encontram-se estáveis, sem qualquer agravamento do estado clínico.

Até à data, não há registo de qualquer óbito nos Açores relacionada com o Coronavírus.

Neste momento, não há transmissão local nos Açores.

No sentido de travar este surto, a Autoridade de Saúde Regional apela a todos os açorianos para ficar o máximo de tempo possível em casa.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.