Vítima não apresentou queixa nem pediu indemnização

Vítima não apresentou queixa nem pediu indemnização

 

Luís Pedro Silva   Regional   5 de Dez de 2018, 08:59

Investigação de uma alegada violação praticada pelo filho da cantora Ágata foi iniciada após denúncia de uma enfermeira à Polícia Judiciária

A deslocação de uma jovem de 14 anos a uma unidade de saúde para realizar um teste de gravidez foi o ponto de partida para a investigação sobre a alegada prática do crime de violação. A jovem de 14 anos foi levada à unidade de saúde pela própria mãe, que a foi buscar à escola após uma familiar lhe contar que a sua filha tinha sido violada por Marco de Sousa Caneira, filho da cantora Ágata.


Leia mais na edição desta quarta-feira, 5 de dezembro 2018, do jornal Açoriano Oriental



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.