Open EUA

Venus Williams abandona por doença e arrisca deixar o 'top-100'

Venus Williams abandona por doença e arrisca deixar o 'top-100'

 

Lusa/Aonline   Outras modalidades   1 de Set de 2011, 13:48

O abandono da norte-americana Venus Williams, campeã em Flushing Meadows em 2000 e 2001, acabou por marcar o terceiro dia do Open dos Estados Unidos em ténis, último Grand Slam da época.

Uma doença autoimune, que lhe agrava a fadiga e provoca dores articulares, foi o motivo que forçou a mais velha das irmãs Williams a nem sequer entrar em ‘court’ para defrontar a alemã Sabine Lisicki.

‘Caída’ no 36.º posto do ‘ranking’, a antiga rainha do circuito feminino entrava este ano no quadro do Open dos Estados Unidos sem estatuto de cabeça de série, o que não sucedia desde 1997, ano em que chegou à final, com apenas 17 anos.

Por ter chegado em 2010 às meias-finais, Venus Williams arrisca aparecer na próxima lista do circuito abaixo do grupo das 100 melhores do Mundo.

“Acabo por ficar mais aliviada por saber qual o meu problema. Vou agora concentrar-me em recuperar para regressar o mais rapidamente possível”, prometeu a norte-americana em comunicado.

Mesmo não sendo este ano cabeça de série, Venus Williams era uma das figuras desta edição, que continua a perder outras favoritas. Quando ainda não está fechada a segunda ronda, cinco das 15 primeiras pré-designadas já fizeram as malas.

Logo a abrir, a checa Petra Kvitova (quinta) e a chinesa Na Li (sexta), as campeãs dos Grand Slam de Wimbledon e Roland Garros, receberam “guia de marcha”. Na jornada de quarta-feira, despediram-se a francesa Marion Bartoli (oitava), a polaca Agniezska Radwanska (12.ª) e a eslovaca Dominika Cibulkova (14.ª).

Num dia também marcado pela eliminação de Rui Machado, que teve o mesmo destino do outro português em prova, Frederico Gil, a derrota mais inesperada foi sofrida pelo espanhol Nicolas Almagro, a quem nada valeu o estatuto de décimo favorito diante o francês Julien Benneteau.

Machado, atualmente no 79.º posto da hierarquia, perdeu com o holandês Robin Haase, 41.º do Mundo, por 6-0, 6-4 e 6-4. Já Almagro cedeu em três partidas, perdendo com o gaulês por 6-2, 6-4 e 6-3.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.