Conjuntura

União Europeia vai crescer 1,7% em 2011

União Europeia vai crescer 1,7% em 2011

 

Lusa/AO online   Economia   29 de Nov de 2010, 10:10

A Comissão Europeia considerou esta segunda-feira que a retoma da economia europeia continua a ganhar forma, com a projecção de um crescimento de 1,7 por cento em 2011 e de dois por cento em 2012, mas admite desequilíbrios entre os Estados-membros.
Para Portugal e Grécia, Bruxelas prevê mesmo contracções em 2011, com recuos no crescimento económico de 1 e 3 por cento, respectivamente, que destoam das projecções destas “Previsões de outono” do executivo comunitário para a zona euro, onde é também esperado um crescimento de 1,5 por cento no próximo ano e de 1,8 por cento em 2012.

Relativamente às “Previsões da primavera”, divulgadas em Maio passado, Bruxelas revê em alta o crescimento para ano, apontando que “excedeu as expectativas”, sobretudo no segundo semestre, devendo situar-se nos 1,8 por cento no conjunto da União (a previsão anterior apontava para 1,7 por cento).

Segundo a Comissão, com a retoma da economia europeia a consolidar-se, também as condições do mercado de trabalho e as situações orçamentais deverão conhecer progressos, ainda que lentos, prevendo Bruxelas que a taxa de desemprego na UE a 27 caia para os 9,1 por cento em 2012 (contra 9,6 este ano e 9,5 em 2011) e o défice público baixe para os 4,2 por cento do PIB dentro de dois anos (contra 6,8 este ano e 5,1 por cento no próximo).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.