Khashoggi

Trump promete “para breve” relatório completo sobre morte do opositor saudita

Trump promete “para breve” relatório completo sobre morte do opositor saudita

 

Lusa/Ao online   Internacional   18 de Nov de 2018, 10:50

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou no sábado “um relatório completo” sobre a morte do jornalista saudita Jamal Khashoggi que deverá ser divulgado “nos próximos dias”, provavelmente na terça-feira, e que incluirá “quem o fez”.

Trump considerou “prematuras” as informações da noite de sexta-feira em que o diário Washington Post noticiou, citando fontes anónimas, que a CIA, os serviços de informações norte-americanos, concluiu que o príncipe herdeiro saudita ordenou o homicídio de Jamal Khashoggi em Istambul.

Khashoggi um saudita que vivia nos Estados Unidos e era colunista do Washington Post, e crítico do regime de Riade e da família real, entrou a 02 de outubro no consulado saudita de Istambul e acabou por ser assassinado.

A Arábia Saudita, em várias ocasiões, mudou sua versão oficial do que aconteceu com Jamal Khashoggi, mas na quinta-feira o ministério público saudita admitiu que o jornalista foi drogado e desmembrado no local.

De um total de 21 suspeitos, a Justiça saudita indiciou 11 pessoas pelo crime, cinco das quais enfrentam agora a pena de morte.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.