Trinta pessoas bloqueadas na ilha espanhola de El Hierro devido a sismo


 

Lusa/AO online   Internacional   27 de Dez de 2013, 22:04

Trinta pessoas ficaram esta sexta-feira bloqueadas na ilha espanhola de El Hierro, nas Canárias, devido ao encerramento de estradas, após um desprendimento de terras causado por um sismo de magnitude 5.1 na escala de Richter, informaram as autoridades.

 

O conselheiro de infraestruturas da ilha, Atilano Morales, adiantou que a Guarda Civil transportará as pessoas, que não puderam sair das praias de Verodal e Arenas Blancas, pela estrada de Lomo Negro, a principal em El Hierro.

A mesma fonte disse que operários trabalham para retirar a terra de duas estradas cortadas.

Segundo o Instituto Geográfico Nacional, trata-se do maior terramoto ocorrido na ilha desde que começou o processo sismovulcânico, no verão de 2011.

O abalo, que foi sentido também nas ilhas de La Palma, Tenerife e La Gomera, igualmente no arquipélago das Canárias, ocorreu às 17:46 locais (mesma hora em Lisboa) e teve o seu epicentro a oeste do município de Frontera.

Hoje, já se registaram oito sismos em El Hierro, sendo que apenas o de magnitude 5.1 foi sentido pela população. Os restantes tiveram magnitudes inferiores, entre 1.6 e 2.9.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.