Tribunal de Contas vai analisar empreitada da EBI das Capelas

Tribunal de Contas vai analisar empreitada da EBI das Capelas

 

Miguel Bettencourt Mota   Regional   15 de Fev de 2018, 11:57

O processo da empreitada de requalificação das instalações da Escola Básica Integrada de Capelas, em São Miguel, foi remetido para o Tribunal de Contas, para fiscalização e obtenção do visto, anunciou o Governo Regional.

Uma nota do executivo açoriano recorda que "a intervenção visa a requalificação e beneficiação da maioria das construções e edifícios existentes neste complexo escolar, destinado a 800 alunos, assim como reforçar a sua capacidade com a construção de novos edifícios, o que permitirá aumentar as salas de aula, passando a contar com 33 salas de aula normais e duas de pequena dimensão".

As obras, adjudicadas à empresa Marques, S.A. pelo valor base de 7,4 milhões de euros, vão também permitir criar novas salas para disciplinas específicas, como Educação Visual e Tecnológica, dois laboratórios de Ciências e um laboratório de Física e Química.

 
Esta intervenção, nota ainda o Governo Regional, tem uma duração prevista de dois anos e "vai ainda possibilitar a reestruturação de algumas das zonas existentes, como a cozinha e a biblioteca, dotando-as de mais espaço e de melhores condições funcionais, assim como a criação de um núcleo de Educação Especial e de novas zonas destinadas a áreas de trabalho e de convívio de alunos, professores e pessoal auxiliar".
 
A empreitada inclui também a melhoria das atuais zonas desportivas, com a criação de uma sala de ginástica, bem como das áreas destinadas à administração e gestão da escola, assim como a criação de um percurso acessível coberto por toda a escola, permitindo a ligação entre todos os edifícios. 




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.