Açoriano Oriental
Tibério Dinis apela à mobilização da comunidade para manter dinamismo das sociedades filarmónicas

O presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Tibério Dinis, apelou, no passado sábado, “a todos os sócios das Sociedades para que continuem mobilizados” e para que “prossigam com o meritório trabalho que tem vindo a ser desenvolvido”, perspetivando “o futuro a médio e longo prazo” para evitar “novos momentos de incógnita” na coletividade.

article.title

Foto: CMPV
Autor: Susete Rodrigues/AO Online

Tibério Dinis, que falava na sessão solene comemorativa dos 71 anos da Sociedade Progresso Lajense (mais conhecida como Sociedade Nova das Lajes), enalteceu “o espírito e um sentimento sublime que mobiliza” todos aqueles que têm levado a instituição para frente, lembrando que muito recentemente a Sociedade passou por momentos difíceis.


Citado em nota de imprensa, o autarca começou por "felicitar os atuais órgãos sociais e a direção presidida por Ricardo Martins, que tomou posse num período muito difícil desta coletividade, depois de um período de muitas incógnitas, em que todos ficamos sem saber se a casa ia fechar ou continuar aberta. Pela vossa coragem, atitude e determinação, arregaçaram as mangas, reuniram um grupo alargado de pessoas e têm desenvolvido um trabalho meritório que deve ser enaltecido”.


Tibério Dinis lançou um apelo “a todos os sócios e amigos” da Sociedade: “Todos os sócios e todos os que gostam da Sociedade Nova das Lajes têm que ter presente que é fundamental que, daqui a dias, quando houver os momentos decisórios para o futuro da Instituição, todos têm que estar mobilizados. As associações hoje são diferentes do que eram do passado e as nossas vidas também são diferentes daquilo que foram no passado. Todavia, não se pode deixar que a história das nossas coletividades, que é a história das nossas freguesias e vila, que é a nossa história enquanto sociedade organizada em comunidade termine apenas por falta de motivação e de mobilização das pessoas”.


“Naturalmente há que continuar de forma diferente, mas é fundamental que continue esta mística. É fundamental que haja um pensamento de médio e longo prazo para estas instituições. Por isso, apelo a que todos os sócios se mobilizem, para que 2019 possamos estar novamente aqui todos reunimos a festejar todo este espírito”, finalizou.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.