Tiago Caeiro e Jorginho regressam aos treinos

Tiago Caeiro e Jorginho regressam aos treinos

 

Luís Pedro Silva/ COD   Futebol   10 de Nov de 2008, 11:25

O avançado Tiago Caeiro regressou aos treinos, após diversos meses ausente, devido a lesão.
O atleta procura agora recuperar capacidade física para estar disponível para começar a integrar as convocatórias do Operário.
Numa entrevista publicada no site oficial do clube da Lagoa, Tiago Caeiro, garante estar mais próximo do regresso à competição.
“Sinto-me bem mas agora preciso recuperar o ritmo de treino adequado para a competição e voltar a jogar o mais depressa possível”, salientou.
O futebolista  revelou sentiu um enorme prazer por voltar a trabalhar com os colegas de equipa, que lhe desejaram “sorte” para a nova etapa.
“A recuperação não foi fácil, porque fiquei impedido de fazer aquilo que mais gosto, que é jogar futebol. Agora só penso em recuperar e voltar à equipa. Esse é o objectivo prioritário que tenho traçado”, referiu.
O regresso à competição está previsto para breve, após o treinador Francisco Agatão, entender que apresentar os níveis físicos necessários para a competição.
O avançado comentou ainda a prestação da equipa no campeonato, admitindo que os resultados  “não tem sido como nos últimos anos, pelo menos o início, mas de certeza que vamos alcançar um lugar entre os seis primeiros”.

Jorginho também regressa
O esquerdino Jorginho também está perto de regressar à competição.
O atleta formado no Operário entrou na última fase da recuperação de uma grave lesão sofrida em Dezembro de 2007.
“A recuperação tem corrido bem, apesar de não ser fácil superar uma lesão desta gravidade. Já comecei a treinar com os colegas e agora só penso em estar bem fisicamente, ganhar confiança e voltar a ajudar a equipa a alcançar os objectivos”, comentou o futebolista.
O atleta reconhece que ainda precisa de recuperar capacidade física para voltar a integrar as convocatórias.
Jorginho, que sofreu diversas lesões graves ao longo dos últimos três anos, admite que continua a sonhar com um regresso ao nível que o levou à selecção nacional.
“Sei que tenho um longo caminho pela frente mas não perco a esperança de voltar ao patamar em que já estive e o sonho de regressar à selecção não foge à regra. É o desejo de qualquer jogador e eu não sou diferente. Mas agora só penso no Operário e ser mais um a conseguir um lugar nos seis primeiros”, afirmou o atleta.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.