Telecom

Telemóveis Blackberry proibidos nos Emirados Árabes Unidos a partir de Outubro


 

Lusa / AO online   Internacional   2 de Ago de 2010, 11:05

O uso dos telemóveis Blackberry, conhecidos pela funcionalidade de correio electrónico e internet, vai ser suspenso a partir de 11 de Outubro nos Emirados Árabes Unidos (EAU) devido a preocupações de segurança, de acordo com a agência de notícias local.
"Na sua configuração actual, certos aparelhos Blackberry permitem aos utilizadores agir sem qualquer responsabilização legal, causando preocupações judiciais, sociais e de segurança nacional", disse a Autoridade de Regulação das Telecomunicações, numa nota difundida pela agência de notícias dos EAU.

Este não é o primeiro país onde a empresa enfrenta restrições ao uso dos seus telemóveis. Países como a Índia, lembra a agência financeira Bloomberg, também enfrentaram problemas por causa da tecnologia de encriptação de dados usada pela Research in Motion, que comercializa estes aparelhos.

O Bahrain, por exemplo, já proibiu a reprodução de notícias locais nos Blackberries para evitar "confusão e caos", noticiou a Gulf News em Abril.

Os Blackberry, que começaram a ser utilizados nos EAU em 2006, permitem aos utilizadores enviar mensagens que não podem ser monitorizadas ao abrigo da lei aprovada em 2007 sobre regras de Segurança, Emergência e Segurança Nacional, afirmou o regulador local na semana passada.

Entrevistado pela Bloomberg, o presidente da autoridade regulatória local, Mohammed el Ghanim, afirmou que "a questão tem estado a ser discutida durante três anos" e garantiu que a decisão não estava ligada a nenhum caso de quebra de segurança.

"Só queremos implementar as leis dos EAU, somos um país soberano e as nossas leis devem ser respeitadas", vincou o director geral da entidade de regulação.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.