Negócios

Teixeira Duarte somava perdas de 365 ME com participação no BCP no final de Junho


 

Lusa/AO online   Nacional   31 de Ago de 2008, 14:10

A Teixeira Duarte reconheceu nas contas do primeiro semestre perdas de 365,133 milhões de euros com a participação que tem no capital social do BCP, que era de 6,5 por cento no final de Junho.
A queda do valor das acções do Banco Comercial Português (BCP) em bolsa fez com que o valor de mercado da participação detida pela Teixeira Duarte caísse para 419,36 milhões de euros, quando o valor de custo dessa participação é de 729,973 milhões de euros, ou seja um saldo negativo de 310,6 milhões de euros.
Mas a Teixeira Duarte teve prejuízos também na compra e venda de acções do BCP que fez ao longo do primeiro semestre.
O grupo revelou que alienou em "diversas operações de bolsa" mais de dois milhões de acções, tendo apurado "uma menos valia de 2.578 milhares de euros".
As acções do BCP transaccionavam-se em torno de 1,4 euros por título no final de Junho, mas desvalorizaram ao longo dos dois últimos meses, valendo 1,18 euros no final da sessão de bolsa da última sexta-feira.
A participação no BCP é a que mais pesa na desvalorização dos activos financeiros que o grupo liderado por Pedro Teixeira Duarte tem em carteira e na transferência para resultados, devido as novas normas contabilísticas, de perdas por imparidade, mas também é negativa a participação no capital do espanhol Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA).
A Teixeira Duarte investiu 14,929 milhões de euros para comprar ao longo do primeiro semestre 1.100.000 acções do BBVA, mais do que duplicando a sua participação, ainda pequena, no capital.
Com a desvalorização em bolsa das acções deste banco, teve de reconhecer perdas no BBVA de 7,363 milhões de euros nas contas do primeiro semestre deste ano.
O resultado líquido da Teixeira Duarte, devido a estas perdas, foi negativo em 256 milhões de euros, no final de Junho, e a empresa já disse que os resultados anuais "serão significativamente afectados" pelo efeito BCP e BBVA.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.