Saúde

Técnicos de diagnóstico e terapêutica admitem desconvocar greve


 

Lusa / AO online   Nacional   22 de Jan de 2010, 15:56

Os técnicos de diagnóstico e terapêutica admitem desconvocar a greve agendada para Fevereiro se forem retomadas as negociações com o Ministério da Saúde nos termos em que se encontravam quando foram interrompidas em Agosto de 2009.
“Não fazemos a greve porque nos agrada mas porque é uma necessidade. Se houver um mínimo de partida, imediatamente suspendemos a greve”, garantiu Almerindo Rego, presidente do Sindicato das Ciências e Tecnologias da Saúde (SCTS).

O SCTS, em conjunto com o Sindicato dos Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica, convocou uma greve para os próximos dias 17, 18 e 19 de Fevereiro contra a falta de uma reestruturação da carreira destes profissionais, um “compromisso firmado em lei” já em 1990.

Almerindo Rego salientou, porém, que para estes sindicatos só há retoma de negociações “se for cumprido o que foi feito até agora”, ou seja, “nos exactos termos em que se encontravam quando foram bloqueadas pelo Ministério da Saúde”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.