Açoriano Oriental
Suspeito de ataque terrorista na Ponte de Londres foi morto pela polícia

O suspeito do ataque que esta sexta-feira fez cinco feridos na Ponte de Londres usava um colete de explosivos falso e foi morto pela polícia no local, anunciou a polícia da capital britânica.


Foto: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA
Autor: Lusa/AO online

O ataque, perpetrado com uma arma branca, “é considerado um incidente terrorista”, disse um comandante da polícia antiterrorista, Neil Basu, à imprensa.

“O suspeito, um homem, foi atingido a tiro por agentes armados da polícia de Londres e posso confirmar que morreu no local”, precisou.

Várias pessoas foram feridas, mas a polícia continua sem confirmar o número de vítimas ou a gravidade dos ferimentos.

Segundo a imprensa, pelo menos cinco pessoas foram feridas.

A polícia foi chamada ao local, a Ponte de Londres (London Bridge), às 13:58 (mesma hora em Lisboa).

Uma testemunha, um homem que trabalha num escritório frente ao local do incidente, contou aos jornalistas ter visto “um homem cair no chão, com uma faca ao lado do corpo”, cercado por uma dezena de polícias e vários cães-polícia.

Um vídeo que gravou com o telemóvel a partir da janela do escritório, cerca das 14:40, mostra uma pessoa a ser retirada numa maca e outra, com ferimentos num ombro, a ser acompanhada por paramédicos.

Um jornalista da BBC escreveu no Twitter ter ouvido “vários tiros” e visto um homem atirado ao chão por agentes da polícia.

“Parecia haver uma briga do outro lado da ponte, com vários homens a atacar um outro homem”, relatou o jornalista, John McManus, à BBC.

“A polícia chegou rapidamente, alguns policias de arma em punho, e foram disparados vários tiros na direção desse homem”.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.