Açoriano Oriental
Sporting vence em Setúbal um Vitória debilitado por um vírus

O Sporting saiu este sábado de Setúbal com os três pontos, vencendo por 3-1 um Vitória que se apresentou debilitado por um vírus, em jogo da 16.ª jornada da I Liga de futebol.

article.title

Foto: Eduardo Resendes
Autor: AO Online/ Lusa

A vitória, consumada com um autogolo de João Meira, aos 27 minutos, e com um 'bis' do inevitável Bruno Fernandes, aos 34, de grande penalidade, e aos 90+4, permite aos 'leões', quartos classificados, manterem-se próximos do Famalicão, terceiro com mais um ponto e que hoje foi vencer ao Bessa o Boavista por 1-0.

A equipa famalicense atuou praticamente o jogo todo com menos uma unidade, após a expulsão no primeiro minuto do seu guarda-redes Defendi, mas, ainda assim, conseguiu levar os três pontos, depois de o espanhol Toni Martinez ter anotado o único golo da partida, aos 81 minutos.

A ronda 16 contou com mais um jogo hoje, tendo Portimonense e Paços de Ferreira empatado 0-0 em Portimão, um resultado que pouco agrada às duas formações, 'afundadas' na parte baixa da tabela, com os algarvios situados em zona de descida, no 17.º lugar com 14 pontos, enquanto os pacenses estão no 15.º, fora da zona de descida, mas com apenas mais um ponto.

Na sexta-feira, Benfica e FC Porto tiveram de dar a volta a Desportivo das Aves e Moreirense, respetivamente, pelo que mantêm os quatro pontos que os separam no topo da prova.

Na Luz, o iraniano Mehrdad Mohammadi ‘ensombrou’ a estreia do alemão Julian Weigl pelos ‘encarnados’, adiantando o lanterna-vermelha no primeiro tempo, mas os campeões nacionais conseguiram ‘dar a volta ao texto’ no último quarto de hora do jogo e acabaram a vencer por 2-1.

Carlos Vinícius, que tinha sido lançado por Bruno Lage ao intervalo, revelou-se decisivo para a reviravolta das ‘águias’, mesmo não marcando qualquer tento. O avançado brasileiro conquistou a grande penalidade que Pizzi concretizou no empate e ainda assistiu André Almeida para o golo da reviravolta.

Em Moreira de Cónegos, um terreno no qual não venceram nas quatro temporadas anteriores, os ‘dragões’ viram-se em desvantagem logo aos três minutos, por culpa de Fábio Abreu, mas Soares e Alex Telles, este último de grande penalidade, deram a volta ao marcador, que seria igualado por João Aurélio.

Na segunda parte, Luis Díaz deu nova vantagem aos ‘azuis e brancos’ e Corona (seria expulso em tempo de compensação) sentenciou, com um grande golo, o triunfo do FC Porto (4-2), que segue na perseguição ao líder, antes de receber o Sporting de Braga, na próxima ronda, a última da primeira volta.

No outro encontro de sexta-feira, o Rio Ave foi aos Açores vencer o Santa Clara por 1-0, com um golo do brasileiro Lucas Piazón, e subiu, provisoriamente, ao quinto lugar, ultrapassando Vitória de Guimarães e Sporting de Braga.

As duas equipas minhotas jogam no domingo, com o Sporting de Braga a receber o Tondela e o Vitória de Guimarães a deslocar-se à Madeira para defrontar o Marítimo, dia em que se joga também o Gil Vicente-Belenenses SAD, em Barcelos.



Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.