Liga dos Campeões

Sporting fecha primeira fase com vitória em Basileia

Sporting fecha primeira fase com vitória em Basileia

 

Lusa/AO online   Futebol   9 de Dez de 2008, 20:41

Um golo de Yannick Djaló permitiu hoje ao Sporting encerrar a primeira fase da Liga dos Campeões de futebol com um triunfo por 1-0 no terreno do Basileia, da Suíça, depois de garantido o inédito apuramento para os oitavos-de-final
O Sporting alcançou hoje uma valiosa vitória por 1-0 no terreno do Basileia, na última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões de futebol, arrecadando cerca de 600 mil euros para os cofres de Alvalade.
Com o apuramento para os oitavos-de-final garantido e o segundo lugar definido no grupo C, os "leões" saíram da Suíça com os "bolsos" cheios, graças a um golo de Yannick Djaló, aos 19 minutos, no 150º encontro de Paulo Bento como técnico do clube.
O triunfo confirmou a melhor época de sempre do Sporting na Liga "milionária", com 12 pontos, mas os "leões" poderão ter perdido o contributo de Vukcevic para os próximos jogos, uma vez que o montenegrino saiu lesionado perto do intervalo.
Com Rui Patrício castigado e Liedson lesionado, o técnico "leonino" colocou Tiago na baliza e Yannick Djaló no lugar do "levezinho" e promoveu mais duas alterações, com Vukcevic e Derlei a entrarem no "onze", em detrimento de Miguel Veloso e Postiga.
Do lado dos suíços, o português Carlitos (muito apagado durante todo o encontro) foi titular no lado direito do ataque, em apoio ao "gigante" Streller.
Com alguma neve a cair em St. Jakob-Park, estádio onde a selecção portuguesa foi eliminada no Euro2008, o Sporting "aqueceu" cedo a partida, com Derlei, aos cinco e 15 minutos, a aparecer solto na área suíça mas a não ter arte nem engenho para bater o guardião Costanzo.
Depois dos dois avisos do avançado brasileiro, os "leões" chegaram à vantagem, aos 19 minutos, através de Yannick Djaló, que encostou para a baliza após centro de Izmailov na direita.
Com o tento alcançado, a clube da Alvalade entregou o controlo do encontro ao Basileia, mas o melhor que os campeões suíços conseguiram fazer, na primeira parte, foi um remate de Huggel, à entrada da área, que passou perto da baliza de Tiago.
Aos 34 minutos, o Sporting esteve perto de aumentar a vantagem, novamente por Yannick Djaló, que desta vez "disparou" às malhas laterais.
Pouco antes do intervalo, o montenegrino Simon Vukcevic lesionou-se durante um lance divido com um jogador do Basileia e teve que ser substituído por Abel. 
No regresso dos balneários, o Sporting apareceu algo adormecido e pouco inspirado, perdendo muitas bolas a meio-campo, frente a uma frágil equipa do Basileia, que apesar de procurar o empate, mostrou quase sempre desacerto no ataque.
Mesmo assim, Tiago ainda teve que se aplicar, aos 74 e 78 minutos, para defender remates de Frei e Stocker, num encontro em que o Sporting acabou por sofrer nos instantes finais para segurar a vitória, "esquecendo-se" de criar jogadas de ataque nos 15 minutos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.