Açoriano Oriental
Sporting bate Valladolid com direito a reviravolta e 'magia' de Palhinha

O Sporting venceu hoje o Valladolid, por 2-1, em jogo particular disputado em Alverca, depois de ter estado em desvantagem, mas ter conseguido a reviravolta no marcador com golos do reforço Feddal e de Jovane Cabral.


Autor: AO Online/ Lusa

No quinto jogo de preparação da pré-época, a equipa orientada por Rúben Amorim teve uma primeira parte ‘cinzenta’, mas arrancou para uma segunda parte de muito bom nível, com muitas oportunidades de golo e destaque para a utilização de João Palhinha, jogador que tem sido colocado na porta de saída de Alvalade, e de Vietto, que voltou aos relvados depois de ter estado infetado com covid-19.

Num esquema com três centrais, o Sporting entrou com mais dinamismo no jogo em Alverca do Ribatejo e pertenceu-lhe a iniciativa de jogo nos primeiros minutos. Contudo, os espanhóis do Valladolid depressa contiveram o maio ímpeto leonino e a luta pela posse de bola passou a travar-se nos duelos a meio campo.

As oportunidades de golo escasseavam, mas um estádio vazio permitiu ouvir claro e bom som as indicações de Rúben Amorim, que durante os primeiros 45 minutos deixou evidente que não quer jogadores parados.

Insistente nas indicações para dentro do relvado, o técnico corrigiu sobretudo o posicionamento defensivo dos leões e, a cada perda de bola, a preocupação era organizar a transição defensiva, pedindo repetidamente mais pressão aos homens da frente na tentativa de recuperar ainda no meio campo ofensivo a posse de bola.

Num primeiro pontapé no marasmo em que o jogo se ia tornando, o reforço verde e branco Pedro Porro obrigou o compatriota Roberto, guarda-redes que passou pelo Benfica, à primeira defesa da noite, e minutos depois chegou a primeira, e única, clara oportunidade de golo do primeiro tempo: a velocidade de Tiago Tomás permitiu-lhe ganhar algum espaço e o avançado rematou forte para nova defesa de Roberto, que manteve o nulo no marcador antes do apito para o intervalo do árbitro Tiago Martins.

Se na primeira parte escassearam as oportunidades de golo, no início da segunda parte o Sporting tratou de inverter esse cenário e, em poucos minutos de jogo após o reatamento, teve claras oportunidades para abrir o marcador.

Logo aos 46, Jovane atirou ao lado da baliza do Valladolid, Nuno Santos atirou frouxo para as mãos de Roberto pouco depois, aos 52 minutos Jovane isolou-se, mas rematou torto e, aos 54 minutos, foi o ‘miúdo' Tiago Tomás a levar ao desespero o banco leonino, num remate pleno de intenção, que embateu com estrondo no ferro da baliza da formação espanhola.

Depois de parecer meio desorientado com a reentrada dos leões em campo, o Valladolid voltou a acertar as marcações e reequilibrou o encontro.

Feito o mais difícil, o 12.º classificado da liga espanhola da última temporada precisou de menos oportunidades do que os ‘leões' para inaugurar o marcador e aproveitou com eficácia uma ‘oferta' de Feddal, central leonino que jogou a bola com a mão na área e deu ao senegalês Sekou Gassama a oportunidade de marcar de penálti decorridos 64 minutos.

O golo até tranquilizou os espanhóis, mas não demorou a resposta leonina, com o marroquino Feddal a redimir-se da falta que deu origem ao golo espanhol.

Wendel centrou para o miolo da grande área e o central subiu mais alto do que toda a concorrência e atirou sem hipóteses para o empate.

O Sporting voltou a ficar por cima no jogo e poucos minutos depois podia ter-se colocado em vantagem: Nuno Santos atirou novamente ao poste e, na sequência do lance, João Palhinha errou o alvo a poucos metros da linha de golo.

Os ‘leões' tanto insistiram que conseguiram mesmo, e justamente, a ‘cambalhota' no marcador, uma vez mais através de uma grande penalidade, aos 79, que Jovane Cabral converteu sem mácula.

Até final, liderado pela ‘batuta' de Palhinha e a jogar com mais um elemento por expulsão de Miguel Rubio, o Sporting controlou por completo as operações e conseguiu ainda mais um golo, que, no entanto, acabou anulado por fora de jogo de Jovane Cabral.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.