Sobe para 50 número de mortos em queda de avião na Rússia

Sobe para 50 número de mortos em queda de avião na Rússia

 

Ao Lusa   Internacional   17 de Nov de 2013, 17:42

As 50 pessoas que estavam a bordo do avião de passageiros que domingo se despenhou no aeroporto de Kazan, capital da República de Tartaristão (Rússia), morreram, indicou um novo balanço do Ministério para as Situações de Emergências russo.

 

“Segundo as informações preliminares, todas as pessoas que estavam a bordo do aparelho – 44 passageiros e seis membros da tripulação – morreram”, referiu uma porta-voz do ministério, Irina Rossious, citada pelas agências internacionais.

O primeiro balanço provisório do acidente, avançado por uma representação local do ministério russo, dava conta de 44 vítimas mortais.

“Entre os passageiros, não estavam crianças”, precisou a porta-voz.

Num comunicado, o ministério precisou que o aparelho, que fazia a ligação interna entre Moscovo e Kazan, despenhou-se às 19:25 locais (15:25 hora de Lisboa).

O aparelho proveniente do aeroporto Domodedovo em Moscovo “caiu na pista de aterragem e incendiou-se”, explicou, por sua vez, o comité de inquérito russo, num comunicado.

Segundo as agências noticiosas russas, o avião da companhia aérea Tatarstan fez três tentativas de aterragem antes de cair.

Um erro do piloto poderá estar na origem do acidente, referiu uma fonte das forças de segurança da República do Tartaristão, citada pela agência russa Interfax. As autoridades locais também admitem uma eventual falha técnica.

Vários elementos dos serviços de bombeiros e dos serviços de emergência estão no local do acidente.

O aeroporto internacional de Kazan, que fica a cerca de 700 quilómetros a este da capital russa, encontra-se encerrado até novas ordens.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.