Função Pública

Sindicatos propõem aumento salarial de 4% para 2009


 

Lusa/AO online   Economia   2 de Set de 2008, 12:09

Um conjunto de cinco sindicatos da Administração Pública apresentou ao Governo uma proposta de aumentos salariais de 4 por cento para os funcionários públicos em 2009.
Em conferência de imprensa, o presidente do Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado (STE/UGT), um dos sindicatos que constitui este Frente Sindical - que integra ainda o Sindicato dos Professores Licenciados, o Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos, o Sindicato dos Enfermeiros e o Sindicato dos Profissionais de Polícia - especificou que a proposta foi hoje entregue ao Governo, estando as estruturas sindicais "disponíveis para negociar desde já", esperando que as reuniões se concretizem "antes de 15 de Outubro, quando o Governo apresenta a proposta de Orçamento de Estado para 2009".

    Bettencourt Picanço explicou que "é mais do que razoável propor para 2009 um aumento de salários de 4 por cento", uma posição sustentada na perda de poder de compra dos trabalhadores da Administração Pública de 0,9 por cento no ano passado e nas previsões do Banco de Portugal de uma taxa de inflação de 2,5 por cento e produtividade de 0,9 por cento para 2009.

    Para as pensões, a Frente Sindical reivindica uma subida "tendencialmente de 4 por cento" para 2009.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.