Sindicato acusa governo de ilegalidade nas 40 horas

Sindicato acusa governo  de ilegalidade nas 40 horas

 

Luís Pedro Silva   Regional   1 de Out de 2013, 00:00

Sintap adianta que grande parte dos departamentos da Administração Regional adotou o novo horário das 40 horas, assim como quatro câmaras dos Açores, mas considera que por não terem consultado primeiro os sindicatos, horários são ilegais.

A beleza das paisagens naturais dos Açores foram reconhecidas num concurso de fotografia da Quercus. As imagens da Baísa dos Cedros e Poço das Patas receberam distinções num concurso nacional.

O Governo Regional dos Açores anunciou um investimento público de 656 milhões de euros para o próximo ano, sendo que as prioridades são o apoio ao emprego e competitividade.

O Ministério Público solicitou uma pena mínima de seis anos de prisão para um homem acusado de violar e roubar prostitutas em Ponta Delgada.

A edição de hoje do Açoriano Oriental apresenta ainda todos os resultados eleitorais das juntas de freguesias nos Açores.

O papa Francisco anunciou que vai canonizar João XXIII e João Paulo II a 27 de abril.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.