Seminário "Estudos Insulares" debate problemas das ilhas


 

Lusa/AO Online   Regional   1 de Nov de 2009, 13:42

O presidente do Centro de Estudos de História do Atlântico (CEHA), Alberto Vieira, considera o seminário “Estudos Insulares”, que começa segunda-feira no Funchal, “o início de um projecto de valoração do mundo das ilhas”.

O CEHA, instituição criada pelo Governo Regional em 1985 na dependência da então Secretaria Regional do Turismo e Cultura e que actualmente está sob a alçada da Secretaria Regional da Educação e com a missão de promover a investigação histórica sobre as ilhas Atlânticas, organiza entre 02 e 04 de Novembro o seminário “Estudos Insulares” no âmbito do qual será apresentado o primeiro número do “Anuário 2009” dedicado ao tema “Repensar os Estudos Insulares”.

“Este debate tenciona ser o início de um projecto que o CEHA pretende desenvolver nos próximos anos de valoração do mundo das ilhas não só Atlânticas mas onde quer que elas estejam e de compreensão dos seus problemas”, explicou à Agência Lusa o professor e investigador Alberto Vieira.

“Para o primeiro número deste Anuário do CEHA estabelecemos como tema de capa uma reflexão sobre os Estudos Insulares, os quais deixaram de ser restritos em termos espaciais ao Atlântico para abranger todas as ilhas do mudo, oceânicas ou não”, escreve Alberto Vieira na apresentação do projecto.

“O desafio proposto a diversos especialistas foi o de fazer o ponto da situação dos estudos insulares no período de 1980 – 2009 e uma reflexão no sentido de perspectivar linhas de orientação para a investigação no presente e no futuro”, salienta.

Ao abrigo deste projecto, o presidente do CEHA adianta que foi solicitada “a compilação de toda a informação publicada em diversos suportes para o período de 1980 – 2009, como revistas, livros, teses, páginas Web e base de dados que permitam aferir desta mudança significativa ocorrida nos Estudos Insulares nos últimos 25 anos”.

“Queremos que o CEHA seja uma janela para o conhecimento, divulgação, estudo e investigação das temáticas insulares numa abertura global”, conclui o historiador.

O seminário compreende várias conferências e a apresentação das “Actas do IX Colóquio Internacional de História das Ilhas Atlânticas”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.